Quando falamos em amamentar, logo pensamos em saciar a fome do bebê, colocando leite no seu estômago.

Amamentar é muito mais do que isso.

O seio da mãe é o segundo útero do bebê. Dentro do útero ele recebe, através do cordão umbilical, o sangue da mãe com todos os nutrientes para a sua formação. Ao nascer, ele continua necessitando desse sangue para o seu desenvolvimento motor, psicológico, emocional,... só que agora através do leite.

O leite materno é o sangue da mãe transformado em leite. Por isso, nenhum leite materno é fraco.

O bebê, ao nascer, apenas muda de lado, antes era ligado à mãe, pelo lado de dentro, agora ele continuará ligado, só que  pelo lado de fora .

"No seio da minha mãe eu me reconheço e aprendo a conhecer o mundo"